Logo Anclivepa/SC

Após denúncia do CRBM-5, falsa biomédica é presa


A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (25) uma mulher que se dizia biomédica e realizava procedimentos estéticos em Cachoeirinha (RS). Em uma ação com a Vigilância Sanitária, a 1ª Delegacia de Polícia do município fechou a clínica onde ela atuava e oferecia, entre outros procedimentos, bronzeamento artificial.

O CRBM-5 enviou, no segundo semestre do ano passado, uma denúncia de exercício ilegal da profissão ao Ministério Público do Rio Grande do Sul após constatar que a proprietária do estabelecimento não possuía registro de biomédica.

Em 2020, o departamento de Fiscalização encaminhou outras 13 denúncias similares ao MP/RS e MP/SC para impedir o exercício ilegal da Biomedicina por pessoas sem habilitação correta e sem registro no CRBM-5. Com ações de investigação e de monitoramento como essas, realizadas sistematica e rigorosamente pela Fiscalização, o Conselho valoriza os profissionais devidamente habilitados e impossibilita a atuação de pessoas que, além de prejudicarem a imagem da Biomedicina, representam um risco para a sociedade.

Associação Sul-Brasileira de Biomedicina © Todos os direitos reservados 2021
Desenvolvido por: J2w - Desenvolvimento Web